Views

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2023

 

Tectónica de Placas e a Deriva Continental vs. Consequências

Camadas da Terra (Fonte: estudopratico.com)

Quando analisamos a dinâmica terrestre, de acordo com a teoria da tectónica de placas, a sua parte mais exterior é formada pela litosfera, que inclui a crosta e o espaço solidificado da parte mais externa do manto. Assim, segue-se a astenosfera que correspondendo à parte mais interior e viscosa desta última referência, comporta-se como um líquido extremamente aquecido, onde como os seus movimentos (correntes convectivas) geram a deslocação das placas litosféricas, ou seja, a deriva continental (Alfred Wegener), teoria identificada no início do século XIX.


(Fonte: wikipedia.org e mundoeducacao.uol.com.)

De acordo com a fonte consultada, a crosta terrestre é formada por um pouco mais de meia centena de placas, com cerca de uma dezena e meia de grandes placas e de muitas mais de dimensão reduzida, podem ser diferenciadas de oceânicas, continentais e mistas. Nestas, podem ser destacadas as seguintes: Africana, Antártida, Arábica, Australiana, Caraíbas, Cocos, Euroasiática, Filipinas, Indiana, Juan de Fuca, Nazca, Norte-americana, Pacífico, Scotia e Sul-americana. INFO >>

(Fonte: wikipedia.org)

Nos seus limites divergentes (riftes), transformantes e convergentes (fossas marinhas - zonas de subdução) ou, respetivamente, construtivos, conservativos e destrutivos, com a movimentação das placas originam a formação de montanhas, as depressões, a atividade vulcânica, a abertura ou fecho de mares/oceanos e as atividades sísmicas do qual resultam tsunamis/maremotos e terramotos. INFO >>

    
Limites das placas tectónicas (Fonte: estudopratico.com)

Escala de Rischter e Categorias 
(Fonte: wikipedia.org) 

Este último traduz o desastre que aconteceu no dia 6 do corrente mês, na Turquia e Síria, Terramoto – Kahramanmaraş, um grande abalo de magnitude 7,8 (01:17, Portugal), seguido, nove horas depois, de uma réplica de 7,5 (10:24) na escala de Richter (desenvolvida em 1935 por pelos sismólogos Charles Francis Richter e Beno Gutenberg INFO >>), que afetou a placa da Anatólia (situada entre a  Eurasiática, a Africana e a Arábica), sendo os segundos registos mais elevados, pois, no final de dezembro 1939, ocorreu um abalo de magnitude de 8,2. INFO >>     INFO >>

  (Fonte: google maps)
  (Fonte: rtp.pt, adaptado

(Fonte: ipma.pt) 

Imagens do antes e depois do sismo que destruiu o sudeste da Turquia 
(Fonte: jn.ptmundogalerias)
José Carlos Costa




sexta-feira, 3 de fevereiro de 2023

Cápsula radioativa que estava perdida na

Austrália foi encontrada INFO >> 

Fonte: uol.com.brdn.pt e rr.pt

Na Austrália, no passado dia 10 de janeiro, desapareceu, quando transportada por um camião, uma minúscula cápsula prateada radioativa de Césio-137, tendo sido encontrada a 01 de fevereiro, pelas 11:13 (hora local), a dois metros da estrada a sul da pequena cidade de Newman, com recurso a equipamentos de deteção de radiação, presentemente deslocada para uma instalação segura em Perth.

Sendo do tamanho de uma unha (8mm de comprimento e seis de diâmetro), foi como procurar uma agulha no palheiro, tendo, uma equipa de mais de 100 pessoas, procedido a uma busca que abrangeu uma rota de 1.400 kms.

Fonte: dw.com1

A cápsula em causa é usada na mina de Gudai-Darri (Pilbara, Austrália Ocidental) da empresa mineira do grupo Rio Tinto (anglo-australiano com escritório central em Londres, Reino Unido) para medir a densidade do ferro).INFO >>


Fonte: nrwcivilmining.com.au e worldenergytrade.com

       A radiação emitida pelo Césio-137 corresponde a uma dezena de raios X efetudos durante uma hora, pelo que se tornou imperativo que ninguém tocasse na referida cápsula, devendo permanecer a mais de 5m, com o risco de quem não acautelar estas referências, poder ter queimaduras, bem como desenvolver cancro se a exposição for alongada no tempo. INFO>>

      O Césio-137 esteve na base do maior acidente radioativo (acidente de nível 5 numa escala de 7) ocorrido no Brasil em 1987, onde duas pessoas, na tentativa de venderem como ferro velho, recolheram um aparelho de ferro e chumbo, nas ruínas de um hospital e que está documentado no filme CÉSIO 137 - O pesadelo de Goiânia, situação onde morreram 230 pessoas por exposição à sua radioatividade.



José Carlos Costa


Segundo satélite português lançado para o espaço INFO 1>>     INFO 2>> Portugal através da Agência Espacial Europeia (ESA - Eu...